European Enterprise Promotion Awards (EEPA) 2020

EEPA 2020: Objetivo e Candidaturas

O IAPMEI, enquanto Coordenador Nacional para os European Enterprise Promotion Awards (EEPA) está a promover a 14ª edição desta iniciativa da Comissão Europeia, dinamizada em mais de 39 países.

Os EEPA visam distinguir boas práticas de espírito empresarial e encorajar e inspirar potenciais empreendedores na Europa.

As candidaturas aos EEPA 2020, na fase nacional,  decorrem até 4 de maio, com envio de formulário próprio  ao IAPMEI.

Quem se pode candidatar

Aos EEPA 2020 podem candidatar-se projetos ou iniciativas em curso há pelo menos 15 meses, desenvolvidas por entidade pública ou por entidade privada com envolvimento de uma entidade pública.

Também se podem candidatar projetos financiados por fundos comunitários, ou fundos estruturais. Projetos candidatos em edições anteriores podem ser submetidos à presente edição, desde que apresentem resultados mais robustos, sendo que um projeto vencedor não se pode candidatar na mesma categoria.

Como novidades nesta edição, destaca-se:

  1. Duração mínima do projeto/iniciativa: A candidatura deve demonstrar que o projeto existe há pelo menos 15 meses (contrariamente a pelo menos dois anos nas anteriores edições).
  2. A categoria 2 “Investimento nas competências empreendedoras (Investing in entrepreneurial skills) que distingue iniciativas a nível local, regional ou nacional que melhoram o empreendedorismo, a gestão e as competências dos funcionários, também inclui iniciativas ou projetos que visem melhorar as competências dos trabalhadores em pequenas e médias empresas.

Exemplo:
Competências digitais promovem a competitividade das PME – Letónia
Um projeto financiado pelo FSE oferece aos trabalhadores de pequenas empresas a oportunidade de melhorar suas competências em informática por meio de cursos de formação de um ou dois dias, com diferentes níveis e complexidade, desde a preparação de documentos eletrônicos até a introdução ao comércio eletrônico. A maioria dos custos de formação é financiada pelo projeto, com as empresas a suportar pouco mais de 20 euros por pessoa. Mais de 2 155 pessoas já participaram desses cursos de formação em toda a Letónia.

A questão da sustentabilidade, nos diferentes setores, é uma matéria de extrema relevância, visando um futuro mais sustentável. Neste âmbito, nas diferentes categorias, o projeto/iniciativa deve demonstrar o respetivo impacto ambiental, em linha com o Pacto Ecológico Europeu, visando distinguir e premiar projetos/iniciativas que convirjam para a economia circular, alterações climáticas, eficiência energética, contratação pública, etc.

Projetos/iniciativas que já se candidataram em anteriores edições, podem recandidatar-se.

Categorias a concurso

A competição integra seis categorias:

1)        Promoção do espírito de empreendedorismo (Promoting the entrepreneurial spirit)

Distingue ações e iniciativas a nível nacional, regional ou local, que promovam o espírito empreendedor, especialmente entre os jovens e as mulheres.

2)        Investimento nas competências empreendedoras (Investing in entrepreneurial skills)

Distingue iniciativas a nível local, regional ou nacional que melhoram o empreendedorismo, a gestão e as competências dos funcionários. Também inclui iniciativas ou projetos que visem melhorar as competências dos trabalhadores em pequenas e médias empresas.

3)        Desenvolvimento do ambiente empresarial (Improving the business environment)

Distingue as políticas inovadoras a nível nacional, regional ou local que promovam a criação e o desenvolvimento empresarial, simplifiquem os procedimentos legislativos e administrativos das empresas e implementem o princípio “Pensar primeiro em pequena escala” para as pequenas e médias empresas.

4)        Apoio à internacionalização das empresas (Supporting the internationalisation of business)

Distingue políticas e iniciativas a nível nacional, regional ou local, que incentivem as empresas, particularmente, as pequenas e médias empresas, a beneficiarem mais das oportunidades oferecidas pelos mercados dentro e fora da União Europeia.

5)        Apoio ao desenvolvimento de mercados ecológicos e à eficiência dos recursos (Supporting the development of green markets and resource efficiency)

Distingue políticas e iniciativas a nível nacional, regional e local, que apoiam o acesso das PME aos mercados ecológicos e ajudam a melhorar a eficiência dos seus recursos através, por exemplo, do desenvolvimento de competências ecológicas e de replicação bem como de financiamento.

6)        Empreendedorismo responsável e inclusivo (Responsible and inclusive entrepreneurship)

Distingue ações nacionais, regionais e locais por parte das autoridades ou de parcerias público/privadas que promovam a responsabilidade social nas pequenas e médias empresas e incentivem o empreendedorismo junto de grupos desfavorecidos, tais como desempregados, especialmente desempregados de longa duração, imigrantes, pessoas com deficiência ou minorias étnicas.

Website IAPMEI